Últimas Notícias

PSB define prioridades para o desenvolvimento de Candelária

Paulo Butzge foi reeleito para a gestão 2017-2020
Paulo Butzge foi reeleito para a gestão 2017-2020

 

Garantir a qualidade de vida para a população através de uma estrutura pública adequada que possa ofertar à comunidade serviços públicos marcados pela eficiência e eficácia. Esse é o desafio do segundo mandato do prefeito Paulo Butzge à frente do Executivo de Candelária, iniciado no último dia 1°de janeiro. Para tanto, o socialista divide o planejamento da gestão 2017-2020 em cinco eixos estratégicos: Humano, Social, Econômico, Infraestrutura e Gestão. Seguindo a cartilha da administração pública, o mandato priorizará a busca pela eficiência na saúde, além da qualificação dos serviços em educação, agricultura, turismo, cultura e esportes. “O foco da nossa gestão sempre será o de ‘ensinar a pescar’, para que a comunidade possa evoluir e buscar a sua emancipação. Trabalharemos para que Candelária siga no rumo da inclusão social, garantindo dignidade e inclusão social aos seus habitantes”, destacou.

Sobre as ações em busca do desenvolvimento humano, Butzge destacou alguns investimentos previstos para a área da saúde pública, entre elas, a realização de obras de reformas e a construção de novas unidades básicas de saúde, a ampliação da cobertura das Equipes de Saúde da Família no município e a aquisição de novo veículos e equipamentos para as unidades. “Manteremos os atendimentos atuais e credenciaremos novos serviços de média complexidade ambulatorial”, disse, destacando também a manutenção do convênio com a Sociedade Beneficente Hospital para a prestação do serviço de pronto atendimento, o fortalecimento da Política de Assistência Farmacêutica Básica, além dos investimentos para a oferta dos serviços em saúde bucal e oftalmologia como outros objetivos. 

Para potencializar a educação municipal, Butzge defendeu a qualificação estrutural das escolas dos perímetros urbano e rural, a ampliação de vagas nos ensinos infantil e fundamental, o aperfeiçoamento do transporte escolar, e a qualificação constantes de professores e gestores como carros-chefes para a área. “Também ampliaremos o projeto de inclusão social e avançaremos no atendimento a alunos com necessidades educativas especiais”, disse, citando, ainda, a construção de novas escolas na zona rural como outra ambição do mandato. A criação do Centro Esportivo e da Juventude e do Centro Cultural e de Eventos são os principais planos para a gestão da cultura e do esporte. “O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) certamente é o que reflete melhor o conjunto de fatores que determinam o ritmo de evolução da sociedade. Seguiremos trabalhando para ampliarmos o IDH de Candelária”, disse.

No chamado ‘eixo social’, destacam-se as políticas públicas para a promoção da assistência social, entre elas, a implantação da Unidade Pública Estatal do Centro de Referência de Assistências Social (CRAS), a qualificação da equipe volante do CRAS que atua no perímetro rural, além da ampliação dos projetos de hortas comunitárias, a ampliação de campanhas como a do agasalho e a criação de uma unidade móvel de apoio aos idosos para oferecer práticas de inclusão digital. “O desenvolvimento social de uma comunidade depende do grau de capacidade da atuação do poder público frente às dificuldades vividas pelos menos favorecidos”, resumiu o socialista, que obteve 55,25% dos votos válidos no último pleito de outubro. 

Para a economia, a formulação e implantação de políticas públicas de incentivo ao turismo concentram as atenções. “Queremos integrar as redes gastronômicas e hoteleiras para qualificar a prestação do serviço aos visitantes e apoiar os roteiros turísticos, auxiliando também na criação de novas rotas”, adiantou. Potencializar a agricultura é outra estratégia fundamental para o crescimento econômico, com foco na criação de uma estrutura apropriada para atender as atividades de Desenvolvimento Rural, Cooperativismo e Meio Ambiente. Entre as ações estudadas, destaque para a construção do Centro de Distribuição e Loja da Agricultura Familiar como espaço central de venda e produção das agroindústrias locais. “Fomentaremos atividades e eventos que envolvam as diversas cadeias produtivas do município com foco na ampliação da renda dos agricultores”, disse.

As áreas de obras, trânsito e habitação serão contempladas no chamado ‘eixo de infraestrutura’. Conforme o prefeito socialista, a criação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana, a melhoria das malhas viárias, a modernização do parque de máquinas e a sinalização das localidades rurais estão entre as prioridades. Segundo Paulo Butzge, a gestão também investirá no aperfeiçoamento da rede de iluminação pública e na melhoria do escoamento pluvial e cloacal através da ampliação de rede, a substituição de canos e o rebaixamento de ruas. “Ofertaremos serviços de máquinas pesadas para construções rurais, como terraplanagem, açudes e escoamento de águas”, completou. “Trabalharemos, ainda, pela regularização fundiária nos núcleos urbanos e rurais hoje não regularizados”, disse. 

A manutenção do programa de modernização administrativa, a definição de metas e a mediação de resultados integram o planejamento para o quinto, porém não menos importante, ‘eixo de Gestão’. “Garantir condições de vida, trabalho, dignidade e segurança de nada valem se o preço for o sucateamento do município. É preciso exercer boas práticas de gestão, podendo acordar com a sociedade uma série de resultados que precisam ser medidos durante nosso mandato”, reforçou. Butzge defendeu, ainda, a ampliação da participação popular, sobretudo na elaboração do Plano Plurianual, na formulação da Lei de Diretrizes Orçamentárias e na Lei Orçamentária, bem como a qualificação e informatização das ferramentas de gestão, objetivando a transparência pública. “Queremos um modelo de gestão e governança que vincule as secretarias municipais ao gabinete do prefeito. Com isso organizaremos melhor as prioridades e estabeleceremos um acompanhamento mais preciso dos resultados”, refletiu, além de defender a manutenção e ampliação da política de valorização do funcionalismo. 

 

 

Foto: Ascom Prefa. Candelária - divulgação PSB/RS

Fonte: Saul Teixeira - Ascom PSB/RS

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER