Para beneficiar servidores que ganham menores salários, PSB defende alteração na PEC 285

Em reunião na manhã desta terça-feira (21), a bancada do PSB na Assembleia Estadual definiu que defenderá junto ao governo estadual uma alteração na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 285, que trata da reforma administrativa e previdenciária dos servidores estaduais. O partido quer que os funcionários públicos que recebem até R$ 2,5 mil não sejam afetados pela redutibilidade dos valores referentes à parcela autônoma e tenham auferido mesmo percentual de reajuste nas vantagens temporais (avanços, quinquênios e adicionais).
"Queremos que essas pessoas que têm salário menor possam manter seu poder de consumo. Para isso, é necessário que os benefícios que recebem tenham o mesmo percentual de aumento que o salário mensal", explica o coordenador da bancada socialista e presidente estadual do partido, Mário Bruck.
Representados na reunião, os deputados estaduais Dalciso Oliveira e Franciane Bayer, presentes na reunião, e Elton Weber, representado por assessoria, concordaram em levar a proposta na próxima reunião com o líder do governo na AL, deputado Frederico Antunes (PP). Se aprovada, a medida beneficiará cerca de 57% dos funcionários públicos estaduais, fatia que recebe até R$ 2,5 mil. A previsão é de que a convocação extraordinária seja feita ainda esta semana e que a votação da PEC ocorra ainda em janeiro.

Fonte: Comunicação/PSB RS Foto: Ariel Pedone

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER