Liziane Bayer destina recursos para a capacitação de profissionais do setor audiovisual

04/03/2021 (Atualizado em 04/03/2021 | 10:21)

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Capacitar profissionais nos vários segmentos do setor audiovisual é o mote do projeto "Revelando o Rio Grande", desenvolvido pela Secretaria da Cultura (Sedac), por meio do Instituto Estadual de Cinema (Iecine), lançado em live na fanpage da Sedac (Facebook/rs.sedac), com a presença da deputada federal Liziane Bayer (PSB), da secretária de Cultura, Beatriz Araujo, do diretor do Iecine, Zeca Brito, e da pesquisadora e professora Fatimarlei Lunardelli, que será a ministrante do primeiro curso do projeto.


Projeto de formação inédito no Estado, totalizando 500 dias de atividades nos próximos dois anos, será realizado com recursos de emenda parlamentar destinados pela deputada Liziane Bayer. O orçamento, num total de R$ 250 mil, será executado através de convênio com a Secretaria Especial da Cultura (Governo Federal).


O programa vai oferecer 50 oficinas gratuitas ligadas ao audiovisual, orientadas por profissionais de vasta experiência e reconhecimento. Os cursos, cada um com 30h de duração, terão início em março de 2021 de forma online, com atividades remotas em diversos saberes. O Rio Grande do Sul é um celeiro de grandes talentos. O projeto Revelando o Rio Grande vai dar oportunidade para que novos profissionais cheguem ao mercado de trabalho", estima a deputada Liziane.


Entre as oficinas propostas estão formações voltadas à produção cultural, direção de fotografia, interpretação, desenho de som, roteiro audiovisual, montagem cinematográfica, direção de arte, trilha sonora, maquiagem, eletricista e maquinista para cinema, entre outros. "O projeto gerará conhecimento e oportunidade de qualificação profissional, dando espaço e visibilidade aos talentos do RS", finaliza a parlamentar.


Toda a programação será gratuita e com vagas limitadas. As inscrições podem ser feitas pelo site da Sedac, clicando aqui, e pelo Instagram do Iecine (@ieciners).

Fonte: Assessoria de Comunicação Dep. Liziane Bayer

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER