Saúde, economia e obras públicas pautam os 100 primeiros dias da gestão do prefeito Pedro

15/04/2021 (Atualizado em 29/04/2021 | 12:27)

Foto: Diogo Zanatta
Foto: Diogo Zanatta

O enfrentamento à pandemia e a construção de soluções para equilibrar a proteção da saúde pública e o desenvolvimento econômico estiveram no centro das ações do governo do prefeito Pedro Almeida, nestes primeiros 100 dias de gestão. Nesta quinta-feira (15), Pedro e o vice-prefeito, João Pedro Nunes, apresentaram à imprensa um balanço dos três meses iniciais da Administração.

"Muita coisa foi feita em 100 dias. Vamos seguir, todos os dias, buscando fazer mais por Passo Fundo, com serviços mais eficientes e ações que melhorem de verdade a vida das pessoas", afirmou Pedro. Para o prefeito, um dos maiores desafios enfrentados foi a necessidade de cuidar da saúde e, ao mesmo tempo, fomentar o desenvolvimento econômico e a geração de empregos. O início da vacinação dos moradores de Passo Fundo contra a Covid-19, segundo ele, fortaleceu esse projeto. Para o prefeito, a ampliação da cobertura vacinal está diretamente ligada à geração de emprego e renda na cidade. Até esta quinta-feira (15), cerca de 37 mil pessoas haviam recebido a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e outras mais de dez mil, imunizadas com a segunda dose. Passo Fundo está entre os municípios gaúchos que mais vacinaram a sua população.


Números

À imprensa, Pedro e o vice-prefeito avaliaram o andamento dos programas em execução e reforçaram alguns números destes 100 primeiros dias de gestão. Entre outros indicadores, Pedro citou os mais de 6,6 mil medicamentos entregues na Farmácia Municipal 24 Horas; 28 médicos e 40 novos profissionais de enfermagem e técnicos contratados; mais de 1.384 atendimentos no novo Pronto Atendimento do Hospital Municipal; duas novas unidades de referência para atendimento Covid-19; mais de 19.846 atendimentos nas três unidades referência para Covid-19; mais de 390 ações de manutenção no programa Mutirão de Limpeza nos Bairros; mais de 400 m³ de resíduos depositados no ECOPONTO; as 1.930 consultas, 724 exames de baixa e 153 de alta complexidades, ofertadas pelo Mutirão da Oftalmologia; mais de 14.350 toneladas de lixo retiradas do Rio Passo Fundo.

O prefeito lembrou, ainda, dos 12 novos pontos de videomonitoramento e nova Sala de Videomonitoramento na Secretaria de Segurança Pública; os mais de 119 quilômetros de ações de patrolamento, nivelamento, limpeza de sarjetas e empedramento de estradas rurais; o aumento dos recursos para o programa É o Bicho, ampliando o número de castrações gratuitas de cães e gatos; e os mais de três mil metros de asfalto em nove bairros, que serão feitos através do programa Minha Rua Com Asfalto.


Acelera Passo Fundo

O programa Acelera Passo Fundo está sendo um dos fios condutores que agrega muitas das mudanças anunciadas pela gestão. Nestes três primeiros meses, em sistema de mutirão, mais de 650 processos de obras foram liberados, movimentando também a construção civil. Em outra frente de trabalho, mais de 200 solicitações para abertura de novas empresas foram protocoladas e os técnicos e servidores da Prefeitura trabalham em melhorias tecnológicas que desburocratizem os setores internos.


Obras

Outro setor incentivado nestes primeiros 100 dias do governo foi o de obras públicas, representado sobretudo pelo início e conclusão do asfaltamento de 20 quadras da rua Minas Gerais. As obras também estão garantindo a resolução de antigas reivindicações das comunidades, como é o caso da pavimentação de mais de oito quadras na rua Israel Bonna, no bairro Integração. Nesta região, além dessa obra, a Prefeitura está substituindo a ponte que liga a cidade ao interior, equacionando um problema para os moradores que utilizam o trecho para deslocamentos diários.


Outras ações

Além das iniciativas comentadas durante a apresentação do balanço dos 100 dias do governo, o prefeito apresentou um vídeo institucional reforçando outras ações e trabalhos realizados nestes três meses iniciais do governo. Na Saúde, Pedro citou também a construção e execução do Plano Municipal de Vacinação; repasses de recursos aos hospitais de Clínicas e São Vicente de Paulo; programa Passo Fundo Sorri; implantação do sistema de avaliação de atendimento nos CAIS, plano de reestruturação do Hospital Municipal; ampliação da Emergência do Hospital Municipal, com a instalação de um novo Pronto Atendimento para pacientes não Covid-19; farmácia 24 horas; contratação de novos médicos para a rede municipal de saúde; implantação da Central de Comando e Regulação da Covid-19; novos respiradores para o Hospital Municipal e a descentralização dos atendimentos médicos nos distritos do interior.

Por fim, Pedro listou novas ações que serão desenvolvidas nos próximos dias, destacando o desafio de fazer com que Passo Fundo siga se desenvolvendo. "Com humildade e pés no chão, sabemos que ainda há muito por fazer e vamos trabalhar todos os dias para isso", afirmou.


Fonte: Prefeitura Municipal de Passo Fundo

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER