Prefeitura de Cachoeirinha realizou 79,17% das metas estabelecidas para os primeiros 100 dias

20/04/2017 (Atualizado em 20/04/2017 | 15:50)

Miki Breier é prefeito pelo PSB
Miki Breier é prefeito pelo PSB

 

Ao todo, são 72 medidas da agenda estratégica que promoveram economia aos cofres públicos e ampliaram a participação da população

 

Ao longo dos três primeiros meses da nova gestão, o governo de Miki Breier e Maurício Medeiros já implementou 79,17% das 72 medidas definidas pela agenda estratégica, promovendo economia aos cofres públicos e ampliando a participação da população. Do total, 15 metas, que representam 20,83% das ações, estão em andamento e devem ser concluídas no máximo até o próximo mês.

“A definição de trabalhar por metas e objetivos foi um compromisso que assumimos com a cidade ainda durante a campanha para buscar fazer mais e melhor para a cidade, atuando em soluções estratégicas, para além das demandas diárias”, aponta o prefeito.

A secretaria municipal de Modernização Administrativa e Gestão de Pessoas, por exemplo, atendeu à 100% dos oito objetivos estabelecidos, a maioria voltada à economia do dinheiro público e eficiência dos gastos: reforma administrativa com a extinção de 7 secretarias e extinção de CCs; readequação de vantagens do funcionalismo, como corte de FGs e horas extras; devolução de prédios alugados; curso de capacitação aos servidores; estudos para processo licitatório de telefonia fixa, banda larga e licitação para móvel com redução de linhas, além da recuperação de monitores para melhorar a comunicação interna e a divulgação de serviços de utilidade pública.

Participação

As ações Gabinete da Gente e Prefeitura com a Gente mudaram a relação entre a Prefeitura e a comunidade. Já foram solucionadas 36% das demandas apresentadas diretamente ao prefeito, entre elas, a limpeza e desobstrução do Arroio Passinhos e o processo de regularização fundiária do bairro Jardim Conquista.

A pasta como maior número de solicitação é de Infraestrutura e Serviços Urbanos, para onde foram encaminhadas 20% de todas as 301 solicitações. Das metas de governo, cumpriu 83,33% das metas, incluindo a reestruturação dos equipamentos da secretaria que permitiram a retomada de diversos serviços; a viabilização de PPPs para adoção de praças, com a assinatura de 7 termos de intenção; a limpeza de 22 pontos de descarte de lixo irregular e de entulhos e restos de obras; a renegociação do contrato de fornecimento de asfalto quente que permitiu o início da operação tapa buracos. Até 10 de abril, a operação foi realizada em 33 ruas da cidade.

A Prefeitura com a Gente teve quatro edições, inclusive com a inauguração da Tenda Rosa do projeto Viva Mulher e, até o final do ano, deverá percorrer todas as regiões da cidade. Outros dois fóruns de interlocução com a cidade também já estão implantados: os encontros com as associações de bairros para discutir e articular ações coordenadas com a cidade e Conselho Municipal de Desenvolvimento e Acompanhamento da Gestão (Condesag), cujo projeto será encaminhado à Câmara Municipal, ligados à Secretaria de Planejamento e Gestão.

Segurança

A cidade de Cachoeirinha participa do Sistema de Segurança Integrada com Municípios do Rio Grande do Sul. A ação orienta à criação de projetos e a execução de políticas específicas para o setor. Também já foi iniciado o estabelecimento do Centro Integrado de Comando e Controle reunindo os serviços de trânsito, viário, transporte coletivo, Guarda Municipal, BM, PC e Defesa Civil.

A integração das áreas de Mobilidade e Segurança Pública vem possibilitando a ação coordenada dos efetivos das guardas de Trânsito e Municipal. Das seis metas estabelecidas, a pasta já realizou quatro e duas estão em processo de conclusão. Já foram realizadas 25 blitzes com a abordagem de quase 2 mil veículos. Outra medida de destaque é a participação dos taxistas de Cachoeirinha no monitoramento das situações de risco e emergências. A iniciativa pioneira da Secretaria Municipal de Segurança busca aumentar a segurança com a integração da comunidade.

Atividades descentralizadas e inclusão

Criatividade e a busca de parceria foram os ingredientes para enfrentar a crise e realizar o Verão Cultural 2017. Ao todo, a Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo promoveu atividades em sete finais de semana, com mais de 30 apresentações e um público superior a 3 mil pessoas, movimentando a Praça da Juventude, o Parcão e a Casa de Cultura Demósthenes Gonzalez. Pela primeira vez, as atividades visaram à integração do público com deficiência buscando criar espaços de convivência e respeito.

Com o maior número de metas entre as pastas, cumpriu 80% das 10 metas, realizando ainda os projetos Corpo em Movimento em parceria com as academias da cidade; Feira de Páscoa; voluntariado na Praça da Juventude com oficinas de ballet, zumba e pilates; Vida Saudável, além da transferência da Biblioteca Pública Monteiro Lobato para a Casa do Leite.

A Educação, ampliou o horário de atendimento à população com o fim do Expediente interno. Também realizou convênios com creches comunitárias para atendimento aproximado de 400 crianças e fez a adquisição de 21.310 camisetas do uniforme de verão da rede Municipal, no valor de R$ 186 mil. A pasta já iniciou a implantação da Biblioteca da Secretaria e o estudo para a ampliação do Projeto Música Ação e Inclusão no Turno Inverso.

Parcerias e melhorias para a cidade

A modernização da frota de ambulâncias tipo UTI móvel também já é uma realidade. Dois novos veículos, adquiridos via Consulta Popular, passam a operar ainda neste mês para atender às demandas da cidade na Secretaria da Saúde.

Quase 5 mil atendimentos foram realizados na Agência Sine na Prefeitura. Entre os diversos serviços prestados, conforme dados do relatório, desde janeiro foram feitas 2,8 mil Carteiras de Identidade, 869 CPFs, 776 vagas captadas e 110 pessoas colocadas no mercado de trabalho. A Secretaria de Sustentabilidade, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, ainda realizou as metas de redução do prazo para a liberação de alvarás, de 45 para 10 dias; mutirão para a liberação dos processos represados; e a retomada do Fórum Municipal de Protetores Voluntários de Animais.

Com a cooperação de diversas secretarias e entidades sociais foi realizado o Março Lilás, com atividades de empoderamento de mulheres e meninas em alusão ao “Dia Internacional da Mulher”. A Secretaria de Assistência Social, Cidadania e Habitação, ainda alcançou as metas de regularização fundiária do bairro Jardim Conquista; ampliação dos grupos de convivência e Fortalecimento de vínculos e PAIF; a atualização da Lei 2164/2003 que institui o Banco de Materiais de Construção para melhorias habitacionais destinadas às famílias em situação de vulnerabilidade; e a reativação do Conselho Municipal de Habitação.

 

Fonte: Ascom Prefa. Cachoeirinha

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER