Stédile é autor do projeto que destina recursos para o futebol feminino

24/06/2019 (Atualizado em 24/06/2019 | 16:58)

A desclassificação do Brasil diante da França na Copa do Mundo de Futebol Feminino, mais uma vez expôs a dificuldade da modalidade no Brasil. Apesar de nossas jogadoras mostrarem muita garra em representarem o país, o futebol feminino ainda carece de investimentos e atenção por parte dos clubes, federações e confederação, mesmo sendo o segundo maior em número de praticantes.

Em seu mandato como deputado federal, o atual Secretário de Obras e Habitação, José Stédile, apresentou um projeto que garante ao futebol feminino 5% de tudo que é destinado por estatais ao futebol masculino. O PL 5307/2013, se fosse aprovado, não prejudicará em nada o futebol masculino. “Pelo contrário, será uma tentativa de reduzir a distância entre as duas realidades”, justifica.
Segundo Stédile os investimentos poderiam ser aplicados no fortalecimento da liga nacional de futebol feminino e até mesmo na regionalização dos campeonatos. “Tenho certeza que o colega secretário estadual Esporte e Lazer e amigo, João Derly, administraria muito bem os recursos, inclusive promovendo um grande campeonato gaúcho”, finaliza.


Fonte: Luciane Ferreira Foto: Chico Ferreira/PSB

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER