Deputados entregam documentos sobre impasse na BR 101 ao Ministério Público Federal em Capão da Canoa

03/09/2019 (Atualizado em 03/09/2019 | 13:41)

Terá um novo capítulo nesta semana o impasse envolvendo o fechamento dos acessos à BR 101 entre Osório e Torres após a concessão da rodovia à CCR Sul. O deputado Elton Weber, também representando o deputado federal Heitor Schuch, se reunirá com o procurador da República do Ministério Público Federal (MPF), André Casagrande Raupp, nesta quarta-feira (4), às 9h, em Capão da Canoa. 
Weber irá pedir a intervenção do MPF e entregar documentos sobre o caso e as demandas dos comerciantes e agricultores apresentadas audiência pública da Câmara Federal com apoio da Assembleia Legislativa, que reuniu mais de 200 pessoas no salão da Comunidade Caravaggio, em Três Cachoeiras, dia 19 de agosto, oportunidade em que o Ministério Público Federal não compareceu.
Além de um ofício e do requerimento da audiência serão entregues a ata, fotos e a lista de presenças. Na audiência, comerciantes e produtores pediram a paralisação das obras do pedágio, enquanto a situação não estiver resolvida. Também não descartaram a realização de protestos, com o bloqueio da via. A estimativa é que 150 tendas e mil pequenas propriedades rurais serão afetadas, muitas sendo obrigadas a fechar suas portas e cancelar a comercialização de produtos que sustentam a economia local. 
“São centenas de famílias de comerciantes e agricultores com o seu futuro comprometido. Não é justo que se privatize a via e o agricultor pague a conta, que não é barata”, defende Weber. Para Schuch, a situação chegou ao limite. “O diálogo se esgotou, virou um jogo de empurra, entre concessionária, Dnit e ANTT. Precisamos do poder público para mediar esse conflito”, afirma.

Fonte: Comunicação/Deputado Elton Weber

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER