Diego Adam e o desafio de motivar os jovens

Diego da Silva Adam foi empossado Secretário Estadual da Juventude Socialista Brasileira (JSB) do Rio Grande do Sul, no último dia 23 de novembro, durante a reunião do Diretório Estadual.  Natural de Porto Alegre, iniciou sua atuação no movimento estudantil aos 14 anos e desde então não parou mais. O ponto de partida foram os protestos contra o fechamento e contingenciamento das turmas de Ensino Médio da Escola Técnica Estadual Parobé, na capital. Também atua na luta comunitária no Morro da Polícia, onde reside e já presidiu uma ONG. Formado em Relações Públicas está no PSB desde 2013. Atualmente tem como principais bandeiras a expansão de políticas públicas para a juventude de baixa renda, e o auxílio nas demandas de algumas comunidades da capital. Agora aos 26 anos, assume a tarefa de reativar a JSB no estado. Nesta entrevista ele fala um pouco dos planos para o segmento.
 
PSB- Qual o principal desafio em assumir a JSB/RS neste momento?
DiegoAdam - É uma grande responsabilidade assumir a Presidência Estadual da Juventude Socialista Brasileira no Rio Grande do Sul neste momento. Mas como sempre digo nada se faz sozinho. O maior desafio é voltar a motivar, engajar e auxiliar os jovens do nosso partido a se sentirem de fato parte da JSB, voltando a ocupar as ruas, participando das discussões, e levando a bandeira da JSB a cada canto do nosso estado. 


PSB- E como está a estrutura do segmento hoje? Qual o planejamento? O que muda a partir de agora? 
Diego Adam- O segmento estagnou nos últimos anos. Pudemos perceber um distanciamento da JSB das bases aqui no estado. Faremos um planejamento já no próximo mês para definir algumas prioridades. Mas já deixo claro que o foco será potencializar, formar e garimpar lideranças para representar a JSB nos municípios no pleito que se aproxima. Uma questão importante, é  que a partir de agora muda a postura de trabalho da JSB/RS,  na qual o engajamento e o comprometimento de todos serão essenciais para a volta do crescimento da Juventude Socialista Brasileira no Rio Grande do Sul.
 
PSB- Vivemos um momento de muitos retrocessos. Retirada de direitos e uma pauta conservadora nos costumes. Como a juventude pode contribuir para que o campo progressista não perca espaço? 
Diego Adam- São tempos sombrios que estamos vivendo. São diversas afrontas e retiradas de direitos, que com muita luta foram conquistados por aguerridos jovens ao longo dos anos. A JSB esteve presente nestas vitórias. Em meio a caos se instalando, a juventude socialista não se curvará jamais, e lutará sempre contra a pauta conservadora e neoliberal. Temos que pensar no futuro dos jovens desde já. Contribuindo e proporcionando a cada um e cada uma, oportunidades para terem caminhos bem-sucedidos, pensando em uma agenda progressista que visa a educação, a participação, a inserção, e a ascensão dos jovens. Combateremos qualquer pauta que estiver na contramão disso.
 
PSB- Como atrair mais jovens para a política? 
Diego Adam- Primeiramente, dialogar para mostrar aos jovens que a nossa sociedade se transforma é através da política. Ao meu ver o segundo e principal passo é demonstrarmos que o Partido Socialista Brasileiro é diferente dos outros partidos. Que ele proporciona voz e vez aos jovens. Faz uma política séria, e pensa no futuro e desenvolvimento da população com políticas públicas afirmativas de educação, moradia, emprego e renda, trazendo assim dignidade ao nosso povo.  


PSB- Há alguns anos a JSB não consegue ter um trabalho contínuo no estado. Como mudar este quadro e fazer que a juventude seja protagonista dentro do partido? 
Diego Adam- A palavra-chave é união. Precisamos nos unir como jovens que querem um novo caminho, uma nova política, e deixar um legado para as próximas gerações.  O melhor trabalho que podemos fazer é sermos lembrados por algo que começamos hoje. Assim retornaremos a ser protagonistas, não só internamente, mas externamente. Temos um fator muito importante aqui no estado, pois o Presidente Nacional da Juventude, Tony Sechi, é gaúcho. Essa parceria entre JSB estadual e nacional tem tudo para construir um caminho próspero. Mas volto a salientar, podemos avançar muito, mas só conseguiremos isso de forma coletiva. E não poderia finalizar sem bradar: E VIVA ARRAES, E VIVA MANGABEIRA, E VIVA A JUVENTUDE SOCIALISTA BRASILEIRA! 
 Vamos à luta JSB! #JSBPresente

Fonte: Comunicação PSB/RS Foto: Elaine Martins

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER