PSB oficializa candidatura de Anabel Lorenzi à prefeitura de Gravataí

07/02/2017 (Atualizado em 06/02/2017 | 19:00)

Anabel foi confirmada na disputa às eleições suplementares
Anabel foi confirmada na disputa às eleições suplementares

Durante Congresso Municipal, o Partido Socialista Brasileiro oficializou, neste sábado (04/02), a candidatura de Anabel Lorenzi para disputar as eleições suplementares de Gravataí, que ocorrerá dia 12 de março. Também foi definida a formação da aliança “Unidos para mudar”, que será composta por nove siglas e terá como prioridade a qualificação dos serviços públicos, principalmente nas áreas da saúde, segurança, infraestrutura e educação. A atividade foi prestigiada por lideranças socialistas, com destaque para o presidente do PSB/RS e vice-presidente nacional da sigla, Beto Albuquerque, e pelo prefeito de Cachoeirinha Miki Breier. “Gravataí é a terceira economia do Estado, mas os serviços públicos oferecidos à população não são condizentes com a riqueza aqui produzida. Trabalharemos para corrigir esse desequilíbrio histórico e devolver à cidade para as pessoas”, adiantou a candidata a prefeita Anabel.

Conforme a socialista, o projeto liderado pela aliança “Unidos para mudar” se diferencia pela qualidade das propostas do Plano de Governo, bem como pela transparência que marcou a formação da coligação. “Nossa aliança é ampla e o protagonismo é coletivo. Somos plurais e essa é a nossa fortaleza. Cada um que está aqui tem o compromisso de construir as melhores propostas em todas as áreas, principalmente naquelas que foram esquecidas pelo atual governo. Aqui não existe candidatura ‘laranja’, aqui não existe coronel”, salientou a socialista. Professora, Anabel foi vereadora entre os anos de 2005 e 2008, Coordenadora Regional de Educação (28° CREA) e Secretária de Mulheres do PSB/RS. Concorreu à prefeitura de Gravataí nas eleições de 2012 e 2016 e à deputada federal no pleito de 2014. “Temos propostas, metas e compromissos responsáveis com Gravataí. Vamos fazer uma gestão responsável, que abra as portas para o povo e que seja eficiente durante os quatro anos”, projetou. O presidente do PSB/RS, Beto Albuquerque, falou sobre a importância da nova política. “O Brasil quer uma mudança de postura. A política precisa ir ao encontro da população com diálogo e transparência. Exatamente como Miki está fazendo em Cachoeirinha e como Anabel fará em Gravataí”, disse. Beto salientou, ainda, que o projeto encabeçado pelo PSB revela o compromisso da coligação com a ética, a verdade e a transparência. “Chega de quem quer ser e não pode ser. Gravataí está cansada de invenções. Chegou a hora de um governo sem portas e de mãos dadas com o povo. Chegou a hora da mudança, chegou a hora de Anabel”, completou.

Beto também citou frase do histórico líder socialista Miguel Arraes para ilustrar o tamanho do desafio e da oportunidade da sigla nas eleições de 12 de março. “O possível nós fazemos, o impossível somente o povo é capaz de fazer”, completou, adiantando que a prioridade absoluta do PSB estadual e nacional até o pleito, será o projeto liderado pelos socialistas em Gravataí. “Anabel é candidata porque conquistou o direito com muito trabalho, luta e dignidade”, finalizou. Candidato a vice-prefeito homologado na convenção, Dilamar Soares (PSD) falou sobre as oligarquias que se revezam no poder em Gravataí e a importância de um projeto alternativo. Também defendeu a união dos partidos da coligação para combater o capital especulativo. “Gastamos 40% de tudo que se arrecada no País com juros de banco. Temos que combater o rentismo e podemos iniciar pela base, que é a nossa união no município”, destacou. “Não nos faltará sola e sapato para lutarmos por aquilo que acreditamos”, concluiu.

O prefeito de Cachoeirinha e ex-vice-prefeito de Gravataí, Miki Breier (PSBRS), defendeu que as cidades valorizem antes de tudo as pessoas. “A candidatura da Anabel e do Dilamar é a candidatura que respeita aqueles que mais precisam; é a candidatura que reconhece o passado, mas olha para a frente. Enquanto uns constroem muros, nosso desafio é fazer pontes e criar elos”, afirmou. Dirigente do PSB/RS e Secretário de Gestão e Governança de Cachoeirinha, Juliano Paz destacou que a candidatura socialista representa a esperança para os homens e mulheres de bem. “Somos a mudança com transparência, decência, diálogo e democracia”.

Secretária das Mulheres Socialistas, Maria Luiza Loose (Malu) afirmou que Anabel está preparada para honrar as tradições do PSB, sobretudo na gestão marcada por resultados e com participação da comunidade. Por sua vez, o secretário da Negritude Socialista Brasileira (NSB/RS), Pedro Francisco da Silva, defendeu que o projeto leve em conta à pluralidade e a diversidade da população/eleitorado. “A política só será política se conseguir falar na ótica feminina para a mulher, na lógica negra para os negros, na lógica da juventude para os jovens, para os LGBT’s”, refletiu. Também estiveram presentes o ex-deputado Raul Carrion, os vereadores socialistas de Gravataí Carlos Fonseca, Paulo Silveira e Wagner Padilha, além do vereador Bombeiro Martins, o ex-secretário estadual de Justiça do RS, Fabiano Pereira, além de dirigentes estaduais e da região metropolitana do PSB e partidos coligados. Os deputados Danrlei de Deus (federal) e Edu Oliveira (estadual), do PSD, e Mano Changes, do PP, enviaram vídeos de apoio à candidatura de Anabel. A coligação ‘Unidos para mudar’ é composta por PSB, PSD, PCdoB, PPL, PTdoB, PHS, PSDC, PRTB e PSC. A atividade ocorreu no CTG Laço da Amizade, no bairro Parque dos Anjos.

 

*Colaborou Ana Luiza Godoy

 

Fotos: Saul Teixeira - divulgação PSB/RS

Fonte: Saul Teixeira - Ascom PSB/RS

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER