Um passo adiante, sempre!

21/03/2021 (Atualizado em 22/03/2021 | 13:11)

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

Paulo Rogério Leites*

 

Amigos e amigas. O tema é o dia 21 de março, Dia Internacional Contra a Discriminação Racial. Porém, como a pandemia é o grande assunto em evidência nos dias de hoje, e não poderia deixar de ser, vamos desenvolver alguns pensamentos sobre a discriminação racial e a covid-19.

O vírus ceifou milhões de vidas em todo mundo e tem nos tirado milhares de vidas em todo país, independentes delas serem de negros ou não.  E, sim, o corona não escolhe cor, mas, infelizmente, a desigualdade social a qual nós, negros, ficamos suscetíveis por consequência de anos de segregacionismo após o período escravocrata, nos torna mais suscetível ao contágio, à doença e, consequentemente, a morte.

Ou seja, mesmo em pandemia, a luta do movimento negro por reparação e justiça continua. Pois o racismo institucional, estrutural e individual são os grandes vilões que assolam a nossa sociedade.

 E, para acabar com eles, só há um caminho: dar um passo adiante e garantir investimentos significativos e crescentes para Educação e Cultura, como também implantar uma legislação mais rígida para punir quem pratica a discriminação, a injúria e a segregação pela cor da pele.

Lembro que racismo não é opinião e nem questão de gosto. Racismo é crime previsto em lei. Racismo tira vidas e impede futuros.

Neste sentido, a Negritude Socialista Brasileira (NSB) reafirma seus compromissos e reforça seu engajamento em tirar a população de negras e negras da invisibilidade política e social que está, hoje, inserida no Brasil.

Por isso, digo com absoluta convicção: não basta a humanidade não ser racista, ela precisa ser antirracistas. Precisamos ser intolerantes com quem pratica a intolerância.

Pensem nisso!

 

*Paulo Rogério Leites é secretário estadual da Negritude Socialista Brasileira do PSB RS.

Fonte: Ascom PSB RS | Edição: Ricardo Ritzel

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER