Sob as bênçãos de Oxum, Iemanja e de Maria, Bambas da Orgia alça novos vôos

29/06/2021 (Atualizado em 29/06/2021 | 13:23)

A Escola de Samba mais antiga em atividade no RS e atual campeã do Carnaval de Porto Alegre, empossou no início da noite deste domingo sua nova Diretoria Executiva e, os membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal para o triênio 2021/2023. A Azul e Branca foi presidida até então pelo conceituado Mestre Nilton Deoclides Pereira, figura respeitada no Carnaval por seus feitos, que por força estatutária passa à ser Conselheiro nato da Entidade, transferindo a "batuta" para um de seus ritmistas. Abençoado pelo axé de Oxum, Carlos Leite, o Breik, é conduzido ao cargo de Presidente da Sociedade Beneficente Cultura Bambas da Orgia.

Carlos Breik é filho da saudosa Ialorixá Marlene de Oxum, uma das figuras míticas da Escola. Na década de 1980 ingressou na Bateria regida por Mestre Nilton, onde desfilou por anos ajudando a conquistar as muitas notas dez e os prêmios colecionados. O novo gestor é bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais e, é Servidor público Estadual atuante na Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN). Na ultima gestão Carlos Breik atuava junto a Diretoria Executiva, ocupando um dos cargos eletivos. Breik é pai da Porta Estandarte Marina Leite, que desfila na Imperatriz Dona Leopoldina.

Concorrendo ao cargo pela Chapa intitulada "O Mecanismo", foi eleito por aclamação, tendo ao seu lado a presença de Maria José que assume a Vice-presidência. Junto aos seus pares eles terão a missão de administrar a instituição que também é reconhecida como Ponto de Cultura e, trabalhar para a construção do futuro carnaval. Em seu pronunciamento o Presidente afirmou que acredita na união e que valoriza a construção coletiva, estando a disposição de todos aqueles que assim como ele desejam o bem da Bambas da Orgia. A simpática Elaine Silva, que já atuou na Entidade como Tesoureira e Diretora de Carnaval, foi eleita para presidir o Conselho Deliberativo, que outrora era liderado por Fatima Rosane Bomfim Sampaio, outra figura tradicional da Escola. 

Breik é membro fundador da Negritude Socialista Brasileira. Agora assume a presidência do Bambas da Orgia, mais antiga escola de samba da Capital. 



Sobre o Carnaval da Azul e Branca:


A Pasta do Carnaval continua sob os cuidados do competente e experiente Diretor Walmir Oliveira, que desempenha a função há onze carnavais na Escola. Logo após a leitura da Ata de posse, o enredo para o próximo carnaval foi anunciado. Com o título “No sagrado e no profano, sob as bênçãos de Maria e de Iemanjá”, o enredo criado por Pedro Linhares é um louvor à fé, onde a Bambas em procissão irá orar rufando seus tambores em agradecimento pelas graças alcançadas, principalmente pela dádiva da vida. Esse é o terceiro enredo escrito por Pedro para a Bambas da Orgia. Em sua justificativa, lida durante a cerimônia de posse, podemos sentir um texto poético dotado de uma forte carga emocional, onde a sensibilidade e a emoção foram contemplados.

O enredo segue a proposta de homenagear os 250 anos de Porto Alegre, apresentada pela Secretaria Municipal de Cultura às Escolas de Samba que desfilam na Capital.


Desejamos à nova Diretoria da Bambas da Orgia uma ótima gestão e, que sob as bênçãos de Oxum, Iemanjá e de Maria o trabalho seja coroado de êxitos.


Fonte: Texto - Luiz Augusto Gugu Lacerda

PESQUISA

ASSINE NOSSA NEWLETTER